Perguntas Frequentes

Perguntas frequentes acerca da Escola e do seu programa.

  1. Como é que me candidato?
  2. Quais as datas de inscrição?
  3. Como é que é feita a avaliação durante as provas de acesso?
  4. Quais os pré-requisitos?
  5. Como devo preparar-me para as provas de acesso?
  6. Quantos alunos são aceites por ano?
  7. Que trabalhos se desenvolvem ao longo do ano?
  8. É possível estudar e ter um part-time?
  9. Quais as perspectivas de emprego após terminar o curso?
  10. Quando um estudante vem de fora tem alojamento?

1. Como é que me candidato?

Para se candidatar poderá preencher a ficha de inscrição no Chapitô ou retirá-la da Internet.

Entregar juntamente com a ficha de inscrição:

  • Fotocópia do BI;
  • Fotocópia do Nº de Contribuinte;
  • Certificado de Notas do 9º ano

2. Quais as datas de inscrição?

As inscrições começam em Maio até à data das Provas de Acesso, que se realizam em duas fases: no final de Junho e no final de Julho.

3. Como é que é feita a avaliação durante as provas de acesso?

Existem 3 tipos de Provas: Físicas, Plásticas e de Português / Interpretação, realizadas durante dois dias.

Nas provas Físicas é avaliada a força, resistência, flexibilidade, e o à vontade do trabalho em altura, manipulação de objectos e movimento.

Nas provas plásticas é avaliada, entre outras, a expressividade, criatividade e capacidade de manuseamento de ferramentas.

Nas provas de Português / Interpretação é avaliada a concentração, dicção e leitura, a comunicação, a capacidade de interpretação a partir de um texto; a coerência e coesão textual, domínio médio do vocabulário, correcção ortográfica e legibilidade caligráfica (exercício de português).

As entrevistas aos candidatos que ficaram admitidos nas provas, são uma forma de avaliar a motivação, condição essencial para o ingresso na escola.

4. Quais os pré-requisitos?

Os candidatos têm de ter: 9º ano de escolaridade completo ou 12º ano de escolaridade incompleto e idade inferior a 25 anos.

5. Como devo preparar-me para as provas de acesso?

A concentração e uma boa preparação física, são condições essenciais, outros requisitos específicos são dados a conhecer aos candidatos no momento da sua inscrição para as provas.

6. Quantos alunos são aceites por ano?

São aceites 69 alunos por ano – 23 para o Curso de Interpretação e Animação Circenses e 23 para o Curso de Cenografia, Adereços e Figurinos, e 23 para o Curso de Luz, Som e Efeitos Cénicos.

7. Que trabalhos se desenvolvem ao longo do ano?

Ao longo do ano os alunos estão envolvidos em todas as actividades curriculares: a formação em acção e a formação básica, que se transcreve nos vários trabalhos desenvolvidos, visitas de estudo e apresentações públicas.

No 1º ano, os alunos apresentam a Mostra Técnica centrada nas disciplinas da área artística e técnica de ambos os cursos.

No 2º ano, os alunos apresentam o seu Exercício-espectáculo, orientado por um encenador convidado.

No 3º ano, os alunos apresentam ao público a PAP (Prova de Aptidão Profissional), espectáculo criado e divulgado pelo aluno.

8. É possível estudar e ter um part-time?

Não. A avaliação é contínua e as aulas presenciais, o que exige ao aluno rigor, disciplina, empenho e dedicação, as actividades lectivas iniciam-se às 9h e, normalmente, terminam às 18h30, no entanto, nos períodos intensivos de trabalho este horário poderá prolongar-se.

9. Quais as perspectivas de emprego após terminar o curso?

Para além do prosseguimento de estudos no Ensino Superior, os alunos da EPAOE encontram como saídas profissionais o que se encontra indicado no documento Perfis de Saída.

10. Quando um estudante vem de fora tem alojamento?

Infelizmente não existe financiamento disponível para alojamento e, o Chapitô não tem instalações que permitam essa oferta.